Lula e Palocci. Foto: reprodução

A informação é do jornalista Claudio Dantas, do site O Antagonista.

“Em seu depoimento à Polícia Federal (PF), o motorista Carlos Alberto Pocente descreve a rotina de encontros de Antonio Palocci e seu operador Branislav Kontic”, conta o site.

Pocente trabalhava para Palocci (logo abaixo o internauta poderá ler cópia de parte do depoimento).

O jornalista do Antagonista continua: “Ele menciona ocasião em que Palocci foi almoçar no banco Safra, entrou com sua maleta vazia e saiu de lá com ela “claramente cheia”. Depois, passou no Instituto Lula”.

E mais: “Pocente confirma entrega de uma caixa de uísque a Lula no aeroporto de Congonhas. E ressalta que o ex-ministro estava com ‘bastante pressa’. Em sua delação, Palocci contou que entregava propina a Lula em caixas da bebida”.

Cópia do depoimento motorista Carlos Alberto Pocente. Imagem tirada do O Antagonista

Deixe seu comentário: