Natália e Bruno, separados por um ato inconsequente de um motorista. A foto da pequena "L" não foi colocada, apesar do consentimento da mãe, para preservar a criança. Foto: arquivo de família

Itabirito, em Minas Gerais, A� a cidade onde vive uma famA�lia destruA�da. A saudade associada A� sensaA�A?o de impunidade A� o motivo da tristeza que insiste em nA?o dar trA�gua. Na cabeceira da cama da pequena L.B.C., de apenas 5 anos, a foto do pai dela: Bruno CA�sar da Costa (29), morto ao sair para fazer uma entrega de sanduA�che na BR-356, entre Itabirito e Cachoeira do Campo (Ouro Preto). Bruno era dono de um trailer de lanches e estava trabalhando para sustentar a famA�lia.

a�?Eu vejo estrelas formando a letra a�?La�� no cA�u. A� o meu pai. LA? de cima, ele cuida de mim e me protege todos os dias. PeA�o ao a�?Papai do CA�ua�� para nA?o deixar espA�rito ruim fazer mal a ele. Eu vou me lembrar dele por toda minha vida. A saudade que sinto A� muito grandea�?, disse a filha. A�

A dor que atinge os membros da famA�lia, sem exceA�A?o, comeA�ou na fatA�dica noite de sA?bado (9 de dezembro do ano passado). A�

Nesse dia, um carro dirigido por Christopher Efren Nascimento Rocha (30) acertou em cheio a moto de Bruno. O empresA?rio morreu na hora. O motorista, segundo relatos oficiais, estaria bA?bado e teria invadido a contramA?o.

Na sequA?ncia, Christopher (conhecido como Canudinho) abandonou o automA?vel, bastante amassado por causa do impacto, e deu parte na PM de Cachoeira do Campo dizendo que seu carro havia sido roubado (em Itabirito). Em meio A� aparente encenaA�A?o, Canudinho teria voltado ao local do crime e perguntado: a�?o que aconteceu?a�?.

O acusado, que mora em Cachoeira, nA?o prestou socorro A� vA�tima. E, apesar de tudo, ainda nA?o estA? preso. a�?Pronto para matar mais um inocente. Pronto para assassinar mais um pai de famA�liaa�?, disse NatA?lia Moreira de Aguiar (27), viA?va de Bruno e mA?e da pequena L.

A mA?e de Bruno, arrasada, disse que perdeu o entusiasmo pela vida. a�?a��CadA? as leis, cadA? a JustiA�a? Ele (Christopher) matou uma pessoa. A famA�lia dele (de Christopher) estA? o apoiando ‘para que ele um dia possa matar outro’. Estamos sofrendo do fundo da almaa�?, disse Vilma Vieira da Costa (57), mA?e da vA�tima.

O pai de Bruno, JoA?o Bosco da Costa (62), fez um questionamento que A� a dA?vida nA?o somente da famA�lia, mas de toda a sociedade itabiritense: a�?Se fosse o filho de um juiz, de um delegado ou de um polA�tico importante que tivesse morrido, serA? que esse a�?camaradaa�� estaria solto?a�?.

NA?o A� o primeiro crime do tipo que Christopher comete. Ele, com seu carro, jA? atingiu outro cidadA?o. InformaA�A�es dA?o conta de que a primeira vA�tima teve a�?somentea�? um dedo amputado. NA?o chegou a morrer. JA? Bruno nA?o teve o mesmo destino. a�?Nada que nA?s fizermos vai tirar a nossa dor. Nada vai trazer o Bruno de volta. Mas esse a�?ordinA?rioa�� tem de ser punido para que ele nA?o faA�a isso novamentea�?, acredita NatA?lia.

Um mA?s e 11 dias e nenhuma resposta da JustiA�a para que a famA�lia de Bruno possa ter, pelo menos, um pouquinho de paz. A�

Resposta

O Minuto Mais teve um primeiro contato com um advogado que estaria defendendo o acusado.A�Na oportunidade, o profissional do direito se esquivou da reportagem.

O Minuto informa que estA? aberto a ouvir o outro lado da histA?ria, caso esse outro lado exista.

Telefone do site: (31) 9 9879 5664.

Leia tambA�m:A�Em Itabirito, acidente de moto mata dono de trailer que fazia entrega de sanduA�che

E mais: Suspeito de ter atropelado dono de trailer em Itabirito deve se entregar A� PC nesta quarta-feira

Acusado de matar Bruno CA�sar responderA? pelo suposto crime em liberdade; VEJA VA?DEO

Acidente que matou Bruno CA�sar em Itabirito A� destaque na Record TV Minas; VEJA VA?DEO

Deixe seu comentário: