Orlando beija a mão de seu pai, Nilson Caldeira, quando a convenção é encerrada. Foto - Minuto Mais

Sexta-feira, dia 29, 19h20. O salão onde funcionava uma loja de automóveis, perto da padaria do Charles, em Itabirito, foi o local escolhido para a convenção que ratificou as pré-candidaturas de Orlando Caldeira e Élio da Mata para prefeito e vice-prefeito da cidade. Cerca de 300 pessoas assinaram o livro de presença.

Leo, Celina, Rose, Orlando, Élio e Ricardo. Foto - Minuto Mais
Leo, Celina, Rose, Orlando, Élio e Ricardo. Foto – Minuto Mais

A convenção foi realizada pelas siglas PPS (partido de Orlando), PT, PTC, PHS, PSDC, PP, PPL e PDT. Quase todos os vereadores que hoje fazem oposição ao prefeito Alex Salvador estiveram presentes: Rose da Saúde, Leo do Social, Ricardo Francisco e Rocha do PT.

Uma das presenças que mais chamaram a atenção foi a da presidente da OAB (ex-vereadora e ex-candidata a prefeita), Celina Rodrigues, que presidiu a solenidade.

Orlando conseguiu alcançar um objetivo que não deve ter sido muito fácil: a união da oposição em favor de sua candidatura. Isso porque, até pouco tempo, a política partidária em Itabirito era dividida em dois grupos: de Juninho Salvador e de Manoel da Mota. Resquícios dessa “tradição” continuam bem vivos. Contudo, com esses dois fenômenos de votos afastados da disputa, o cenário tem se redesenhado.

Sabe-se que parte considerável dos “fãs” de Juninho está com Alex. Por outro lado, o impedimento, pela Justiça, de Manoel ser candidato deixou os “manoelistas” sem sua grande liderança.

Oposição unida…

A oposição, pelos discursos e pelas presenças na convenção, chegou a um consenso: apoiar Orlando Caldeira. No âmbito municipal, no jornalismo político, entende-se como “oposição”, primordialmente, a postura de vereadores oposicionista ao prefeito.

Público presente. Foto - Minuto Mais
Público presente. Foto – Minuto Mais

Não se tem dúvida de que o caminho para a vitória de qualquer candidato a prefeito é longo. E, apesar das “crises”, Alex Salvador, candidato à reeleição, é um nome forte.

Por outro lado, Orlando surpreendeu no mais recente pleito municipal em número de votos. E hoje está mais fortalecido que nunca.

Todavia, enquanto não for divulgada (na imprensa) uma pesquisa feita por um instituto sério, qualquer bandeira de favoritismo ficará no mundo das suposições.

Só tem um detalhe: uma pesquisa feita por um instituto renomado custa em torno de R$ 50 mil. Ou seja, não é qualquer um que pode pagar pelo serviço.

Momento de oração. Foto - Minuto Mais
Momento de oração. Foto – Minuto Mais
É claro que, em Itabirito, existe o PSOL, que é oposição, com a pré-candidatura de Pedro Ayres para prefeito, mas este partido, especificamente, está entrando na disputa sem fazer coligações. Portanto, a oposição (no sentido colocado) está sim, quase que em sua totalidade, acordada com Orlando Caldeira.

 Discursos

Orlando Caldeira, em seu discurso, fez criticas à tática do grupo do atual prefeito de agregar partidos à base aliada por acordos feitos com os líderes dessas legendas em Belo Horizonte e Brasília.

Sem entrar em detalhes, Orlando disse que, juntamente com os presidentes dos partidos que o apoiam, pretende “banir a corrupção da Prefeitura de Itabirito”.

O vereador Leo do Social (PHS) disse, em discurso, que se sente honrado em fazer parte da equipe de Orlando. Rose da Saúde (PSDC), a vereadora mais votada da história da cidade, afirmou que em todo lugar que for levará o nome de Orlando Caldeira e Élio da Mata.

Rocha do PT, enquanto discursava, disse que apoia Orlando em nome de uma política mais ética, transparente e participativa em Itabirito. Ricardo Francisco (PPS) afirmou que, com Orlando, espera-se um governo que não se preocupe somente com obras, mas também com a qualidade de vida das pessoas.

Nenhum figurão da política estadual esteve presente. Contudo, os deputados federais Paulo Abi-Ackel (PSDB) e Marcelo Aro (PHS) gravaram vídeos em apoio à pré-candidatura de Orlando Caldeira. Por sua vez, o deputado estadual Anselmo José Domingues (PTC) mandou um representante.

Deixe seu comentário: