maio 27, 2024

Minuto Mais

Informações sobre Brazil. Selecione os assuntos que você deseja saber mais sobre no Journaloleme

Você perdeu sua magia Aurora? As luzes do norte provavelmente serão visíveis novamente, e a NASA confirma uma nova tempestade solar esta semana

Você perdeu sua magia Aurora?  As luzes do norte provavelmente serão visíveis novamente, e a NASA confirma uma nova tempestade solar esta semana

Dias depois de uma poderosa tempestade geomagnética atingir a Terra, os cientistas espaciais estão considerando a possibilidade de outra tempestade esta semana. De acordo com a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos EUA (NOAA), há 60% de chance de que outra tempestade solar atinja a Terra na terça ou mesmo quarta-feira (menor chance). Novas previsões aumentaram a possibilidade de ver mais auroras boreais em diferentes partes do mundo.

A página de mídia social da NASA, que rastreia especificamente as atividades relacionadas ao Sol, confirmou uma erupção solar em 13 de maio, com possibilidade de atingir a Terra. Outra explosão solar M6.6 eclodiu na segunda-feira, 13 de maio (não tão forte quanto algumas das outras explosões que vimos na semana passada, mas com certeza é linda!) Esta semana, estamos respondendo às perguntas mais frequentes! perguntas sobre tempestades solares e seu impacto na Terra”, disse a agência espacial norte-americana em postagem no site X.

A aurora boreal, ou “aurora boreal”, é uma luz natural mágica que ocorre principalmente nas regiões polares. Esses fenômenos surpreendentes ocorrem quando partículas carregadas emitidas pelo Sol, conhecidas como vento solar, interagem com o campo magnético e a atmosfera da Terra.

Tempestades solares e aurora boreal

Tempestades geomagnéticas ou solares ocorrem quando o Sol libera energia repentinamente, como uma ejeção de massa coronal (CME). Partículas carregadas do Sol atingem a Terra e interagem com o seu campo magnético, potencialmente perturbando as comunicações, a rede de energia elétrica, a navegação, as operações de rádio e satélite.

A intensidade das tempestades solares é medida na escala G, ou escala de tempestade geomagnética. Esta escala varia de G1 a G5, com cada nível representando diferentes níveis de atividade geomagnética. Por exemplo, uma tempestade G1 poderia causar pequenas flutuações nas redes eléctricas, enquanto uma tempestade G5 poderia levar a cortes generalizados de energia e de comunicações por satélite.

READ  Cápsula da NASA traz para casa amostras de asteróides que datam do nascimento do sistema solar

Em 10 de maio, a Terra foi atingida por uma tempestade solar G5 depois de mais de duas décadas. Esta intensa atividade geomagnética foi seguida por observações da aurora boreal em diferentes partes do mundo. A conexão entre esses eventos é que as tempestades solares podem fazer com que o campo magnético da Terra se torne mais ativo, levando a um aumento na ocorrência de auroras boreais. Se mais tempestades solares atingirem a Terra, os entusiastas do espaço poderão vislumbrar essas incríveis exibições de luz natural.

Abra um mundo de benefícios! Desde boletins informativos úteis até monitoramento de inventário em tempo real, notícias de última hora e um feed de notícias personalizado – está tudo aqui, a apenas um clique de distância! Conecte-se agora!