maio 29, 2022

Minuto Mais

Informações sobre Brazil. Selecione os assuntos que você deseja saber mais sobre no Journaloleme

Rússia move tropas para Mariupol antes do desfile do ‘Dia da Vitória’, autoridades trabalham para resgatar forças sitiadas

Rússia move tropas para Mariupol antes do desfile do 'Dia da Vitória', autoridades trabalham para resgatar forças sitiadas

o novoAgora você pode ouvir os artigos da Fox News!

Rússia Movimento de tropas das zonas de combate da Ucrânia para Mariupol A Diretoria de Inteligência ucraniana do Ministério da Defesa alertou no sábado sobre os preparativos para o desfile do “Dia da Vitória” do presidente russo, Vladimir Putin, na cidade portuária do sul.

O anúncio ocorre apenas dois dias antes dos desfiles militares programados na Ucrânia e na Rússia, celebrando a derrota da Alemanha nazista em 1945.

BATALHA PELA FÁBRICA DE AÇO AZOVSTAL Um soldado ucraniano avisa as tropas russas sobre sua chegada à usina

Tropas marcham durante o ensaio do desfile militar do Dia D a ser realizado na Praça Dvortsovaya (Palácio) em 9 de maio para comemorar o 77º aniversário da vitória na Segunda Guerra Mundial em São Petersburgo, Rússia, quinta-feira, 5 de maio de 2022.
(Foto AP / Dmitriy Lovitsky)

O Ministério da Defesa da Ucrânia publicou uma lista de mais de 200 altos oficiais militares russos que foram enviados a Mariupol para monitorar a situação de segurança.

Autoridades disseram que Putin usaria o show como uma tentativa de provar seu sucesso militar no leste da Ucrânia, apesar dos combates brutais que continuam na região.

No mês passado, Putin declarou vitória sobre Mariupol, apesar da incapacidade da Rússia de controlar completamente a cidade.

Os combates continuam a partir do último reduto da resistência ucraniana em Mariupol, abaixo da siderúrgica Azovstal, onde cerca de 200 civis e soldados permanecem presos.

Rússia revela escala massiva de comícios militares de 9 de maio à medida que a guerra eclode na Ucrânia

Soldados ucranianos se recusaram a se render e cresceram os temores de que as forças russas eliminariam completamente os sobreviventes no desfile de 9 de maio.

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, disse em um discurso tarde da noite que continua a pressionar os russos a respeitar o cessar-fogo e permitir a evacuação dos ucranianos restantes.

“Também estamos trabalhando em opções diplomáticas para salvar nosso exército, que ainda está em Azovstal”, disse ele. Corretores influentes estão envolvidos. países influentes.

Na sexta-feira, a vice-primeira-ministra ucraniana, Irina Vereshuk, disse que 50 mulheres, crianças e civis idosos foram retirados dos túneis.

Mas dezenas não puderam ser salvas porque o ataque da Rússia à estação continuou – apesar das repetidas alegações de Moscou de que permitiria esforços de evacuação humanitária.

Soldados do Exército Russo ficam em um veículo militar que rola durante o ensaio do desfile militar do Dia da Vitória em Moscou, Rússia, sábado, 7 de maio de 2022. O desfile será realizado na Praça Vermelha em Moscou em 9 de maio para comemorar 77 anos de vitória.  na Segunda Guerra Mundial.

Soldados do Exército Russo ficam em um veículo militar que rola durante o ensaio do desfile militar do Dia da Vitória em Moscou, Rússia, sábado, 7 de maio de 2022. O desfile será realizado na Praça Vermelha em Moscou em 9 de maio para comemorar 77 anos de vitória. na Segunda Guerra Mundial.
(Foto AP/Alexander Zemlianichenko)

CLIQUE AQUI PARA APLICATIVO FOX NEWS

A ONU trabalhou na semana passada para intermediar um acordo para resgatar centenas de pessoas presas sob o bombardeio russo. Mas o esforço foi interrompido por um novo ataque das forças russas à estação.

O conselheiro presidencial ucraniano, Oleksiy Aristovich, afirmou que as forças russas estavam tentando acabar com a resistência restante em Mariupol como um presente para Putin antes do desfile de 9 de maio, informou a Reuters no sábado.

READ  Schroeder perdeu o emprego em meio a indignação com as relações com a Rússia