fevereiro 27, 2024

Minuto Mais

Informações sobre Brazil. Selecione os assuntos que você deseja saber mais sobre no Journaloleme

Enviado de Lula se encontra com Zelensky da Ucrânia, após declarações que geraram revolta

Enviado de Lula se encontra com Zelensky da Ucrânia, após declarações que geraram revolta

RIO DE JANEIRO (AP) – Um assessor especial da Presidência do Brasil para assuntos internacionais se reuniu com o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, na quarta-feira, após os comentários de seu colega brasileiro, que provocaram repreensão de Kiev, dos Estados Unidos e da Europa.

O conselheiro Celso Amorim, ex-ministro das Relações Exteriores, disse ao jornal brasileiro O Globo após a reunião que Zelensky entendeu que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva estava trabalhando pela paz.

Amorim foi citado pela Folha de S. Paulo como tendo dito que seu diálogo com as autoridades ucranianas foi positivo e gerou confiança, e que ele ajudou a explicar os objetivos do Brasil para a paz.

O Ministério das Relações Exteriores do Brasil encaminhou perguntas sobre as reuniões de Amorim da Associated Press à presidência, que não comentou imediatamente.

Lula pediu um cessar-fogo e propôs a criação de um clube de nações, incluindo o Brasil, para intermediar a paz. Ao mesmo tempo, ele se recusou a fornecer armas à Ucrânia, fez declarações culpando a Ucrânia pela invasão russa e dizendo que os Estados Unidos e a Europa estavam motivando a luta. Suas declarações foram criticadas por todas as partesalém de levantar questões sobre a neutralidade do Brasil em eventuais negociações de paz.

No mês passado, Amorim fez uma viagem secreta a Moscou e se encontrou com o presidente Vladimir Putin. Mais tarde, Lula deu as boas-vindas ao ministro das Relações Exteriores de Putin, Sergei Lavrov, à capital, Brasília, com o oficial visitante expressando gratidão ao Brasil por sua “excelente compreensão da formação desta situação”.

Após a reunião, o porta-voz do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca, John Kirby, criticou a abordagem do Brasil para a guerra e seu encontro com Putin e Lavrov pessoalmente, falando apenas com autoridades ucranianas por telefone.

READ  Um visitante de Auschwitz enfrenta reação por tirar uma foto de mau gosto nos trilhos do trem

Os críticos argumentam que a posição do Brasil visa evitar o confronto com a Rússia, um importante fornecedor de fertilizantes para as fazendas de soja.

Na quarta-feira, Amorim também se reuniu com o vice-ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Andrej Melnik, que postou uma foto dos dois no Twitter.

Melnik escreveu: “O Brasil pode desempenhar um papel importante para deter a agressão russa e alcançar uma paz duradoura e justa.”