Intermediações da Escola Estadual Daura de Carvalho Neto, com os alunos ao fundo Foto: divulgação

O povo brasileiro, muitas vezes, precisa se mobilizar para alcançar direitos que deveriam ser básicos. Não é diferente em Antônio Pereira, distrito de Ouro Preto (Região Central de Minas), uma das comunidades mais carentes da Região dos Inconfidentes.

Chamadas de “Mães Amigas”, vinte mulheres do distrito estão mobilizadas em uma campanha de arrecadação de verba para cerca de 80 uniformes escolares para alunos pobres da Escola Estadual Daura de Carvalho Neto.

“A situação é tão crítica que algumas dessas famílias não têm condições de comprar alimentos, o que dirá um uniforme”, disse Sorginea Madalena, uma das organizadoras da campanha.

Cada camisa custa R$ 15. A vestimenta é essencial para entrar no prédio da escola. Contudo, um uniforme tem também calça, calçado e blusa de frio.

Segundo as mães, o governo de Minas Gerais não doou os uniformes neste ano o que complicou ainda mais a situação de miséria de parte considerável do povo do distrito ouro-pretano.

Em entrevista ao Minuto Mais, um educador de Antônio Pereira, envolvido na causa, confirmou a situação lamentável do distrito: ruas sem pavimentação, falta de esgoto, falta de moradia de qualidade para boa parte da população. “População essa que sempre cresce e, a cada ano, a situação piora”, afirmou.   

Quem puder doar qualquer valor, ligue para (31) 9 9755-8916 (e fale com Sorgineia).

Mães Amigas

As Mães Amigas alcançaram uma vitória importante recentemente.

O ônibus escolar estava sendo depredado pelos estudantes. Por causa disso, foi decidido que uma mãe acompanharia os alunos no escolar para coibir os atos de vandalismo.

A atitude surtiu resultado e, agora, as Mães Amigas da Escola Daura de Carvalho Neto estão partindo para a segunda luta: que é de conseguir os uniformes.