Operação Impacto termina com 69 presos em Minas Gerais

A sétima edição da operação “Impacto”, realizada nesta quinta-feira, dia 5, pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) com o apoio das polícias Civil e Militar, terminou com 69 pessoas presas, dos 137 mandados de prisão expedidos pelo Poder Judiciário.

Além disso, em outros 105 mandados de busca e apreensão, foram recolhidas quatro armas de fogo, 12 cartuchos de munição calibre 38, 129 pedras de crack e mais 25 gramas da droga, 16 buchas e três quilos de maconha, quatro máquinas caça-níqueis, quatro veículos e R$ 7.042 em dinheiro.

Policiais apreenderam ainda quatro pneus novos avaliados em R$ 600,00 e peças de uma motocicleta, como farol e paralamas, todos produtos de furto.

O delegado Luciano Vidal, que participou da ação no comando de 14 cidades, avaliou o resultado como positivo. “Os números se mantiveram na nossa média, foi uma operação importante”, disse. Ele também explicou que os mandados que não foram cumpridos na ação desta quinta, continuarão pendentes para as próximas operações, “assim como outros mandados que ainda virão”, explicou o delegado.

A ação aconteceu em Belo Horizonte, Contagem, Betim, Ribeirão das Neves, Santa Luzia, Sabará, Ouro Preto, Juiz de Fora, Uberaba, Divinópolis, Governador Valadares, Uberlândia, Montes Claros, Ipatinga, Sete Lagoas, Curvelo, Diamantina, Capelinha, Pitangui, Nova Serrana, Vespasiano e Nova Lima.

Além de civis e militares, a operação também contou com o apoio do Corpo de Bombeiros, do Ministério Público e do Poder Judiciário.

Policiais Militares durante uma das ações da operação desta quinta-feiraDe abril a dezembro

A operação começou em abril deste ano e até esta quinta-feira já prendeu, pelo menos, 649 pessoas em todo o Estado. Além disso, ao longo do ano, foram apreendidos 144 veículos, 114 armas de fogo, 212 cartuchos de munição, 42 pássaros e outros nove animais da fauna silvestre, 43 máquinas caça-níqueis, nove Ipods e R$ 38.327,55 em dinheiro.

Também foram recolhidos desde abril 2.644 pedras e 3,8 kg de crack, 499 dolas e 3,3 kg de cocaína, 33 tabletes, 498 buchas e 33 kg de maconha e 12 balanças de precisão.

Fonte: Jornal O Tempo