Material apreendido com menores em Ouro Preto. Foto: GM ouro-pretana

OURO PRETO (MG) – “Apesar da banalização das drogas. Muitas vezes pela impunidade e fraqueza da lei, não podemos nos furtar de fazer este tipo de encaminhamento: de menores que fazem uso de entorpecente (em via pública)”, justificou o comandante da Guarda Civil Municipal (GM) ouro-pretana, Jonathan Marotta, a respeito do encaminhamento para a delegacia de dois menores (de 15 e 17 anos) que estavam fumando maconha nas proximidades da Escola Municipal Monsenhor João Castilho Barbosa, na Barra, na sexta-feira (16), às 11h10.

Os menores foram denunciados por pessoas incomodadas com a situação.

Com eles, foram apreendidos um cigarro de maconha, um canudo de bambu (que poderia estar sendo usado como marica), um canivete e um isqueiro.

Os menores disseram que já foram apreendidos em outra oportunidade e que são usuários.  

Segundo a GM, todos os direitos constitucionais dos menores foram garantidos.