Palcos em que acontecerão os shows do festival em Itabirito. Foto: Romeu Arcanjo/Minuto Mais

Uma das festas mais concorridas de Minas Gerais começa nesta quinta-feira (13) e vai até domingo (16) em Itabirito. Trata-se do Julifest. O show principal do primeiro dia é da dupla César Menotti e Fabiano que está marcado para começar às 23h.

Igrejinha montada na área da festa. Foto: Minuto Mais

De acordo com secretário de Patrimônio Cultural e Turismo de Itabirito, Ubiraney Figueiredo, este ano foram montadas 22 barracas estilizadas. Elas pertencem às associações comunitárias e estarão vendendo alimentos e bebidas (ano passado, foram 18).

Segundo o vereador Max Fortes, a expectativa é que cada barraca venda de R$ 70 mil a R$ 80 mil (faturamento bruto). Com isso, segundo ele, espera-se que as associações possam vender, ao todo, R$ 1,5 milhão. “E na cidade, por sua vez, a expectativa é de uma movimentação de até R$ 8 milhões”, disse o vereador que é governista e já foi secretário de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Itabirito.

Ainda de acordo com o edil, o festival gerará cerca de 150 postos de trabalho e outros 100 serão gerados indiretamente.

Uma das barracas tem até jardim. Foto: Minuto Mais,

Caixa único com 100% pessoas de Itabirito

Este ano, mais uma vez, haverá “caixa único” para a troca de dinheiro por tickets a serem usados como moeda de troca nas barracas.

Segundo o presidente da Iniciativa Global, Wagner Gonçalves, empresa responsável pelo “caixa único”, serão 50 caixas no Julifest deste ano. “Isso evita que as associações manuseiem dinheiro e alimento ao mesmo tempo e tira das entidades a preocupação de ‘fechar o caixa’”, disse ele.

Ainda segundo Wagner, 70 pessoas trabalharão nos caixas. “Elas foram capacitadas para isso. E todas, absolutamente todas, são de Itabirito”, garantiu.

Jardineira e Biblioteca no Jardim da Literatura

Entre as novidades deste ano no Julifest 2017 está uma jardineira (ônibus antigo) que será usado em passeios pela cidade.

A iniciativa é do Aredês Apart Hotel, de Itabirito, e a “passagem” custará R$ 10 e deve ser adquirida na Casa do Turista (na área do Julifest).

A jardineira sairá da festa, passará pelo Centro Histórico, Praça da Estação e retornará ao Julifest. “É esse um dos nossos principais objetivos: fazer com que o empresário perceba o potencial turístico da festa”, disse o secretário Ubiraney.

Bandeirinhas dão efeito especial ao Julifest. Foto: Romeu Arcanjo/MinutoMais

Pelo segundo ano consecutivo, a Biblioteca Pública Diaulas de Azevedo promoverá o projeto Biblioteca no Jardim da Literatura.

Na área do festival, serão oferecidas oficinas gratuitas de confecção de livretos, de massinha, de tinta guache e de modelagem de pastel de angu.

Todas as oficinas serão nos dias 15 e 16, a partir das 11h30. Mais informações na Casa do Turista (espaço da festa).