Orquestra Ouro Preto. Foto: divulgação

Quando se fala em orquestra, a maior referência da Região dos Inconfidentes em Minas Gerais é a Orquestra Ouro Preto, que já fez espetáculo com músicas dos Beatles e até já tocou em memorável show com Alceu Valença. Em Itabirito (MG), mais uma vez, o povo terá chance de conferir o trabalho dos músicos. Desta vez, a apresentação trará trilhas sonoras de filmes.

PUBLICIDADE
WhatsApp Minuto Mais

Será sábado, 9 de junho, às 20h30, na Praça da Estação. A entrada é gratuita.

“Sob a direção do maestro Rodrigo Toffolo, o concerto reproduz o disco na íntegra do projeto que culminou na gravação do álbum que nasceu há dois anos, com a finalidade de promover uma homenagem ao cinema, ao contar parte da história da sétima arte através de trilhas sonoras que, ao longo do século 20, tornaram-se inesquecíveis e de grande importância para a cultura moderna”, informou a assessoria de comunicação da orquestra.

As músicas

Os temas de “O Carteiro e O Poeta”, “Manhã de Carnaval”, “Tempos Modernos” (1936), “Luzes da Ribalta” (1952), “A Noviça Rebelde” (1965) e “Casablanca” (1942) são alguns dos temas a serem apresentados (e que fazem parte do álbum).

Contudo, como não só de drama e romance vive o cinema, o álbum revive, em uma de suas faixas, aquela que é considerada uma das cenas mais hilárias da sétima arte, com The Typewriter, de Who’s Mind The Store? (1963), no Brasil traduzido como Errado pra Cachorro, protagonizado por Jerry Lewies, que “toca” uma máquina de escrever imaginária, impactado pelo mundo do trabalho e as novas formas de experienciar o tempo promovidas pela modernidade.

O sétimo álbum da Orquestra Ouro Preto traz ainda o tema de Cinema Paradiso (1988) e do documentário brasileiro Três Irmãos de Sangue (2006).

A apresentação em Itabirito conta com patrocínio da Vale, através da Lei Rouanet e tem apoio da Prefeitura Municipal de Itabirito. O concerto tem entrada franca.