Alguns dos detidos. Foto: PC

ITABIRITO (MG) – Na manhã desta quinta-feira (8), a operação “Punisher”, realizada pela Polícia Civil de Minas Gerais em Itabirito prendeu 11 pessoas e cumpriu 14 mandados de busca e apreensão. 

Segundo o site da PC, “o intuito da operação foi localizar suspeitos de integrarem uma organização criminosa ligada ao trafico de drogas”. 

Movimentação em Itabirito. Foto: PC

“As investigações tiveram início a partir da apuração de um duplo homicídio cometido no dia 8 de novembro de 2017. Os levantamentos constataram que os envolvidos no crime pertenciam a uma organização criminosa que comandava o tráfico de drogas em diversos bairros da cidade, e que estariam envolvidos em diversos homicídios”, informou o site oficial.

Ainda segundo a PC, “iniciadas as investigações, os policiais civis conseguiram identificar os suspeitos do duplo homicídio, além de outros indivíduos que estariam envolvidos no tráfico de drogas, fato que culminou com a expedição de 14 mandados de busca e apreensão, dez mandados de prisão temporária e uma prisão em flagrante”. 

Prisões

Foram presos Fernando de Assis Vieira, Daniel Neres Oliveira, Paulo Henrique Coelho, Matheus Alencar Aragão Moreira, Narcísio Michel Pedrosa Pereira, Wanderson Felipe Miranda Silva, Ricley Robson Araújo Soares, Thiago Lúcio de Arcanjo, Janete Bernardo Inácio, Richard Lucas Magalhães e Vanda Geralda Martins Vieira.

Com o grupo, foram apreendidas uma arma de fogo com numeração raspada, um colete balístico, pedras de crack, buchas de maconha e uma balança eletrônica.

Participaram da operação, 105 policiais civis das Delegacias Regionais de Polícia Civil em Ouro Preto, Vespasiano, Santa Luzia, Sabará, Nova Lima e Ponte Nova.

O nome da ação policial faz alusão ao seriado de TV baseado na revista em quadrinhos do “Justiceiro”, em que o personagem e sua equipe combatem o crime organizado na cidade.

Informações extraoficiais dão conta de que parte considerável das prisão se deu no bairro Agostinho Rodrigues.