Tia Lola Itabirito e a colecao de papais noeis - Foto Minuto Mais (22)
Parte da coleção de Papais Noéis de Tia Lola

Tia Lola, de 85 anos, é uma testemunha da história de Itabirito. Ela viveu como ninguém os “bastidores” da política itabiritense. Seu saudoso pai, Agostinho Rodrigues, foi um industrial que alavancou o início do chamado progresso de Itabirito. A luz e o telefone da cidade foram iniciativas dele. Por sua vez, seu finado marido (o professor José Bastos Bittencourt) foi prefeito, advogado com fama de ajudar os pobres, cineasta e artista. Contudo, a vida de Elisa Elza Bittencourt (a Tia Lolinha) e as “histórias pitorescas do poder” serão assunto de uma próxima matéria. Hoje o tema são de Papais Noéis de Tia Lola.

Trata-se de uma coleção impecável. São 60 bonecos. A maioria com movimentos à base de pilha. Uns tocam, outros cantam, e alguns fazem as duas coisas ao mesmo tempo.

Tia Lola, apesar de sua vida confortável, hoje, não é uma mulher rica. Contudo, sabe bem planejar os seus sonhos. Conhece a China, Itália, Alemanha, vários pontos dos Estados Unidos e o Canadá. E foram nesses países que ela comprou 98% de sua coleção. “Os poucos que eu adquiri no Brasil têm roupas bem mais simples e são menos sofisticados. Quando viajo ao invés de comprar roupa, eu prefiro Papais Noéis”, conta ela.

Tia Lola Itabirito e a colecao de papais noeis - Foto Minuto Mais (46)
Tia Lola, seu neto, filho e o bebê de sua funcionária

Juíza de paz conhecidíssima na cidade, todo ano tem festa de Natal na histórica residência de Tia Lola, no Centro da cidade. “Depois que rezamos, do dia 24 para o dia 25, o mais jovem que está em minha casa (seja parente ou amigo) coloca o ‘menino Jesus’ no presépio”, diz. “É uma tradição que faço questão de preservar”.

O “mundo mágico do Natal” na casa de Tia Lola vai além dos Papais Noéis organizadamente espalhados pela sala principal e pelo corredor. Toalhas, meias, forros de mesa, tudo feito por ela, também tão o tom da celebração.

Enquanto o Minuto Mais estava na casa da família Bittencourt, Lola se sentou ao piano e colocou em prática seus dons musicais, com músicas natalinas. No ar, a sensação de estar dentro de um cenário de diversão, cores e com muito “espírito de Natal”.

Deixe seu comentário: