Um recado deixado na mesa de uma carteira assustou a comunidade escolar na Escola Estadual Engenheiro Queiroz Júnior (conhecida como Industrial), em Itabirito (Região Central de Minas). Como precaução, as aulas foram suspensas na sexta-feira (26).

O recado dizia que para salvar a vida era preciso “correr mais rápido que a bala” e que todos iriam morrer em 26/04.

A ameaça foi escrita na madeira e foi encontrado por um aluno, que tirou foto e mostrou à direção.

O diretor Luiz Procópio acionou a Guarda Civil Municipal (GM), a Polícia Militar (PM) e fez denúncia na Polícia Civil. O resultado da investigação é aguardado.

PM e GM conversam com alunos no Industrial. Foto: divulgação

O colegiado ainda decidiu cancelar as aulas no Industrial. “Tomamos todas as providências ao nosso alcance e formalizamos a denúncia para que a investigação seja feita”, disse o diretor.

A situação em Itabirito se torna ainda mais grave depois que 10 pessoas foram assassinadas em escola da cidade de Suzano, em São Paulo. Por causa disso, o medo ronda todas as instituições de ensino do país. Não são raras as notícias relatando o receio por supostas ameaças a estudantes em todo o Brasil.

Ainda segundo o diretor do Industrial, três alunos são suspeitos de ter escrito o recado. Contudo, segundo a direção, os três são de boa índole, o que reforça a suspeita de que realmente se trata de uma brincadeira de mau gosto.

PM e GM conversaram com os alunos, no auditório da escola. Na oportunidade, o tenente Peterson explicou a respeito da gravidade da suposta brincadeira.

Em outro momento, a GM esteve dentro da escola colhendo informações com os próprios alunos e afirmou que a segurança será reforçada não somente na escola Queiroz Júnior, mas também na Municipal Manoel Salvador de Oliveira, que solicitou o reforço. “Vamos colocar homens em pontos estratégicos para dar mais segurança”, garantiu a guarda.

Ainda de acordo com a GM, todas as instituições de ensino podem pedir auxílio à guarda para garantir mais segurança à comunidade escolar.

Lembrando que, normalmente, quem faz a segurança nas escolas e seus arredores é a GM.

2 COMENTÁRIOS

  1. Parabens ,para a segurança .realmente as nossas escolas precida mais de reforço,.a escola Manoel Salvador de Oliveira.aquela escola em questao de segurança nao tem nenhuma .uma excelente escola ,a direcao nota dez.so que a segurança precisa mais de esforço.

  2. Bom dia! Concordo com Sra. Domingas, Manoel Salvador, professores e administradores 10, mas a questão da segurança não tem nenhuma, precisamos desse olhar de segurança para esta escola.

Deixe seu comentário: