Servidores ocuparam todas as 90 cadeiras da área de galeria

A reuniA?o da CA?mara de Vereadores desta segunda-feira (5) foi marcada pela presenA�a de servidores pA?blicos da Prefeitura de Itabirito que lotaram a A?rea de galeria com o objetivo de protestar contra o discurso feito na semana passada pelo vereador RenA? Butekus (PSDB). Segundo ele, hA? meia dA?zia de “servidores efetivos bandidos” que estariam juntos com o sindicato fazendo oposiA�A?o ao governo Alex.A�

Vereador RenA? Butekus durante discurso na CA?mara lotada de servidores que protestaram contra a fala dele

A fala mais esperada da noite, de RenA?, foi marcada por assovios e gritos de desaprovaA�A?o por parte dos manifestantes que fizeram com que o presidente Rodrigo do Porco (PSD) paralisasse a reuniA?o por 6 minutos. O presidente ainda ameaA�ou encerrar a reuniA?o caso o vereador RenA? nA?o conseguisse discursar.

O edil Rocha do PT interveio e pediu que os manifestantes colaborassem para que a reuniA?o pudesse continuar. A partir daA�, os A?nimos se acalmaram.

Em seu discurso, RenA? chegou a admitir que a palavra a�?bandidoa�? foi mal usada, mas afirmou: a�?nA?o retiro o que eu dissea�?.

O vereador garantiu que nA?o A� contrA?rio A� reivindicaA�A?o de reajuste salarial. Vereadores de situaA�A?o afirmaram que nenhum edil A� contra o pedido. a�?O reajuste virA? a partir do momento que as coisas forem caminhandoa�?, disse RenA? referindo-se A� crise econA?mica que teria impedido (na versA?o do prefeito Alex) que os salA?rios fossem reajustados.

RenA? aproveitou a manifestaA�A?o para apresentar um pedido de formaA�A?o de comissA?o na CA?mara para investigar R$ 888.405,82 que o sindicado dos servidores da Prefeitura teria recebido, de 2013 a 2017, mas nA?o teria prestado conta desse valor.

O protesto

Em protesto, dinheiro falso foi jogado no plenA?rio quando RenA? comeA�ou seu discurso. A maioria do expressivo nA?mero de servidores estava de roupas pretas. Faixas foram colocadas nos vidros do parapeito da galeria repudiando uma fala do prefeito Alex que chamou alguns concursados de a�?picaretasa�? em programa da RA?dio Cidade, bem como contra a fala de RenA?. Outra faixa lembrava da legitimidade do reajuste reivindicado pelo servidor.

Dinheiro falso A� jogado pelos manifestantes

Oficialmente, hA? 5 anos, a maioria dos servidores pA?blicos municipais estA? com os salA?rios congelados.

Em seu discurso, RenA? citou que os professores tiveram salA?rios reajustados. Rocha contestou dizendo ser uma adequaA�A?o com o piso salarial da categoria.

Todos os vereadores de oposiA�A?o fizeram discursos acalorados em apoio aos servidores pA?blicos e foram aplaudidos pelos protestantes. a�?A� legA�tima a reivindicaA�A?o de vocA?sa�?, disse o edil Ricardo Oliveira (PPS), que nas A?ltimas reuniA�es tem defendido a classe e lembrou que em Ouro Preto o a�?vale cestaa�? A� de R$ 500, sendo que em Itabirito A� de R$ 100.

Para LA�o do Social (PHS), os funcionA?rios concursados foram aprovados por mA�rito. a�?E vocA?s, no mA�nimo, merecem respeitoa�?, disse ele.

Arnaldo (PMDB) fez coro com o discurso de Max Fortes (PSB) e afirmou que nA?o hA? vereador que A� contrA?rio ao reajuste salarial. Segundo Arnaldo, o que impede A� o momento de turbulA?ncia econA?mica provocado pela crise brasileira. Para Max, a�?a pior de todos os tempos na histA?ria do paA�sa�?.

O peemedebista propA?s uma comissA?o via CA?mara para discutir a situaA�A?o e chegar a um acordo com a Prefeitura. Pediu tambA�m o fim do clima de guerra. a�?O pior acordo A� melhor que qualquer brigaa�?, disse Arnaldo.

Ele enfatizou que palavras inadequadas sA?o ditas no calor da emoA�A?o e que nA?o seria correto a a�?carapuA�a servir para todosa�?. a�?Mas foi o RenA? que comeA�ou!a�?, gritou um servidor da galeria. a�?Mas entA?o vamos por eliminaA�A?oa�?, respondeu Arnaldo.

O vereador Dr. Edson (PRB), A?nico situacionista aplaudido pelos servidores da Prefeitura, propA?s que ele como advogado ajude (juntamente com os funcionA?rios pA?blicos e administraA�A?o municipal) a encontrar uma soluA�A?o jurA�dica para o impasse.

Rose da SaA?de apoiou os servidores e disse: a�?NA?o sou picareta e nA?o sou bandidaa�?, referindo-se ao fato de ser concursada na Prefeitura, mas nA?o receber por isso por “estar” vereadora.

Outro lado

Para o servidor pA?blico, jornalista Marcelo Rebelo, os funcionA?rios foram ofendidos pelo vereador a�?simplesmente porque reivindicam reajuste salarial e melhores condiA�A�es de trabalhoa�?.

Marcelo e AntA?nio Carlos -entrevistados.

AntA?nio Carlos de Andrade, lotado na Secretaria de Transportes, acredita que a fala do RenA? foi direcionada a todos os servidores. a�?Ele usou meia dA?zia somente para confundira�?, afirmou.

Em entrevista ao Minuto Mais, RenA? disse que sua fala diz respeito a somente meia dA?zia de pessoas que tA?m, de alguma forma, vA�nculo com a causa sindical e sA?o, ao mesmo tempo, oposiA�A?o sistemA?tica ao governo.