Erasmo Carlos superlota estacionamento da Praça da Estação. Foto: Minuto Mais

Números da PM no Festival Som Plural de domingo (30)

3 mil aproximadamente no show de Erasmo Carlos.

Zero ocorrência policial no domingo durante o festival.

Festival Som Plural, um sucesso de público. O momento mais esperado foi o show do Tremendão, como era conhecido na Jovem Guarda, Erasmo Carlos, que reuniu cerca de 3 mil pessoas na madrugada de domingo (30) para segunda-feira (1º).

Erasmo Carlos em Itabirito. Foto: Minuto Mais

Parte expressiva do estacionamento da Praça da Estação, em Itabirito (MG), onde foi montado o palco, ficou lotada.

O primeiro lugar do novo “festival da canção” de Itabirito (que durou dois dias) ficou para a itabiritense banda Cachaça com Arnica, que trouxe a música “Pensava que não ia mais sofrer”.

O produtor Miranda (que atuou em vários programas do SBT) e o prefeito Alex Salvador (PSD) entregaram um cheque simbólico à banda vencedora com a quantia do prêmio principal (R$ 6 mil).

“O festival é uma iniciativa super legal que dá chance ao artista da cidade de expressar sua arte. Isso sem falar que trouxe a Itabirito um dos maiores compositores da história da música brasileira”, disse o jornalista Alexandre Farid, referindo-se a Erasmo Carlos.

O aposentado Marco Antônio Costa Franca aprovou o primeiro lugar. “O Cachaça com Arnica é bom demais”, afirmou.

Público no show de Erasmo. Foto: Minuto Mais

Por sua vez, a moradora de Itabirito Raquel Cordeiro contou à reportagem que ouviu uma canção do grupo Cachaça com Arnica na sexta-feira santa. “Foi um momento especial e maravilhoso. E hoje, eu os vejo ganhando o festival. Isso é muito bom”, disse ela minutos depois de anunciado o vencedor.

Márcio Lima, líder do Cachaça, afirmou que tem dificuldade com “a coisa da concorrência” quando o assunto é arte. Ele se diz incomodado com a competição. “É o segundo festival que a gente ganha e tive a mesma sensação no anterior. Acho que todos ganharam. Todos são vencedores. A premiação, é claro, valoriza o artista, mas quem de fato ganha é a cidade. Itabirito é uma referência. Temos excelentes compositores”, afirmou Fuim, como Márcio é conhecido.

O Minuto Mais tentou pegar mais detalhes do Festival Som Plural, mas a reportagem foi impedida de ter acesso à área do entorno do palco, onde estavam artistas e organizadores.