Uma das reuniões que aconteceu em Brasília para que houvesse a mudança na Cfem. Na foto (de divulgação), alguns dos articuladores da mudança que serão homenageados

Serão homenageadas na Câmara de Itabirito (MG), personalidades que se mobilizaram para que houvesse a mudança de valor no repasse da Cfem (Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais), o que aumentará substancialmente a arrecadação das cidades mineradoras.

A homenagem será dia 14, às 10h, no plenário.

Com a mudança, em Itabirito, o dinheiro da contribuição passará de R$ 40 milhões para R$ 70 milhões por ano.

A mudança na Cfem, apesar de ter sido aprovada no Congresso, ainda não foi sancionada pelo presidente Michel Temer (PMDB). Ele tem até o dia 18 deste mês para isso.

Todavia, de acordo com o vereador de situação, Max Fortes (PSB), as perspectivas são de que o presidente da República irá sancioná-la sem problemas.   

Diante dessa nova perspectiva para Itabirito, a Câmara fará homenagem às seguintes personalidades: ao prefeito de Itabirito, Alex Salvador de Oliveira (PSD); ao ex-prefeito de Itabirito e consultor da Associação dos Municípios Mineradores de MG (Amig), Waldir Silva Salvador de Oliveira – o Juninho; ao deputado federal Marcus Pestana (PSDB), relator da MP 789/2017 que propôs a mudança na Cfem; ao deputado federal Diego Andrade (PSD); ao deputado federal Caio Nárcio (PSDB); ao deputado federal Fábio Ramalho (PMDB); ao prefeito de Nova Lima e presidente da Amig, Vitor Penido (DEM); ao prefeito de Paraupebas, no Pará, Darci Lermen (PMDB) e à gerente administrativo da Amig, Stael Gomes.