Enquanto acontecia a audiência do Plano Diretor, moradores de Água Limpa conversavam com secretário de Urbanismo (à esquerda). Foto: Minuto Mais

Uma CA?mara de Vereadores lotada nesta quinta-feira (16), durante AudiA?ncia PA?blica para a RevisA?o do Plano Diretor em Itabirito (MG). Segundo lei federal, o plano deve ser revisto de 10 em 10 anos. SA? de moradores da regiA?o de A?gua Limpa, foram 150 pessoas.

PUBLICIDADE
WhatsApp Minuto Mais

As reivindicaA�A�es dos cidadA?os de A?gua Limpa sA?o direitos bA?sicos, como: A?gua tratada, policiamento, iluminaA�A?o pA?blica e transporte escolar.

A reportagem perguntou ao presidente da AssociaA�A?o SolidA?ria do BalneA?rio A?gua Limpa, Raione Aiala, se a maior parte da A?rea, pela qual eles lutam por melhorias, A� fruto de invasA?o. Ele respondeu: a�?Tem gente que mora lA? hA? 15, 25, 30 anosa�?.

Para o presidente, os direitos dos moradores locais sA?o garantidos por meio de a�?usucapiA?oa�?. E, de acordo com ele, alguns pagam IPTU e luz.

De acordo com outro lA�der da comunidade, Marcos AurA�lio Silva, os A?nibus que transportavam os moradores foram parados na barreira policial, na MG-356, a caminho da sede de Itabirito e, segundo ele, a�?os ocupantes foram tratados como bandidosa�?. a�?NA?o somos bandidosa�?, disse ele.

Esquema de seguranA�a envolveu GMs e PMs. Foto: Minuto Mais

A reportagem nA?o conseguiu falar com os PMRs da barreira. Contudo, os A?nibus foram liberados a pedido da promotora de JustiA�a de Itabirito, Vanessa Campolina.

O esquema policial nA?o foi somente na barreira, foi tambA�m na entrada da CA?mara, envolvendo PMs e GMs.

Isso se deu porque, de acordo com Marcos AurA�lio da Silva, houve uma montagem de A?udio, divulgado por meio do WhatsApp. a�?A mensagem gravada no mA?s passado, pedia que a comunidade nA?o usasse de violA?ncia durante reivindicaA�A�es. Contudo, foi feita uma ediA�A?o por meio da qual parecia que querA�amos o confrontoa�?, disse ele.

A reportagem do Minuto Mais saiu da CA?mara por volta das 21h, depois de cerca de 2h de reuniA?o. AtA� entA?o, nA?o houve qualquer sinal violA?ncia.

Esquema de seguranA�a envolveu GMs e PMs. Foto: Minuto Mais

Outro lado

Durante a reuniA?o do Plano Diretor, o secretA?rio de Urbanismo da Prefeitura de Itabirito, Marco AurA�lio, em entrevista, disse que a populaA�A?o terA? a chance de falar. Contudo, a�?este nA?o A� o melhor momento para isso. O dia ideal serA? durante as oficinas, por meio das quais, cada comunidade serA? ouvidaa�?, disse ele.

A oficina que vai ouvir especificamente a comunidade de A?gua Limpa foi marcada para o dia 9 de dezembro. O evento acontece na comunidade.

Todavia, em qualquer uma das oficinas, moradores de qualquer comunidade terA?o a chance de dar opiniA�es. SerA?o ao todo cinco oficinas.

Segundo o secretA?rio de Urbanismo, nA?o hA? motivo para alarde uma vez que a comunidade de A?gua Limpa estA? contemplada no Plano Diretor.

De acordo com ele, trata-se de uma situaA�A?o atA�pica que existe desde a dA�cada de 50. a�?Hoje (dia 16) viemos falar de algo mais amplo que A� o Plano Diretor em toda a cidadea�?, disse ele.

Segundo o secretA?rio, a regiA?o da A?gua Limpa pertence Urbe-DU da BR-040 (A?rea Urbana Especial de Desenvolvimento Urbano da BR-040) que engloba os condomA�nios Aconchego da Serra, Vila Belo Vale e empresas como Gerdau, Coca-Cola e Vale, alA�m da comunidade da regiA?o A?gua Limpa.

a�?Agora, nA?o estamos discutindo um assunto especA�fico, ou seja, um bairro ou uma regiA?o. Discutimos o uso do solo em toda Itabirito. Durante as oficinas, aA� sim, cada comunidade serA? ouvida. Depois, faremos o estudo e apresentaremos as soluA�A�es. Os problemas de A?gua Limpa nA?o foram excluA�dos do plano, mas eles nA?o podem ser resolvidos da noite para diaa�?, disse o secretA?rio.