Thiago José Anselmo: assassinado. Foto: reprodução

A noite de sábado (23) para domingo (24), em Itabirito (MG), foi de extrema violência. Um homem foi assassinado, um taxista assaltado e outro homem deu entrada na UPA vítima de arma de fogo.

Informações extraoficiais dão conta de que houve mais casos em Itabirito. Contudo, a reportagem conseguiu trabalhar somente os três a seguir: 

1º caso – Avenida Francisco José de Carvalho, bairro São José. Thiago José Anselmo (20) foi assassinado com três tiros.

O autor chamou Thiago na casa da vítima por volta das 2h de domingo. Quando o atendeu, houve uma discussão, e Thiago então levou pelo menos três tiros.

A ocorrência fala em cinco perfurações, mas a perícia deu detalhes de três: no olho, na altura do pescoço e do tórax.

O assassino fugiu do local a pé. Desconfia-se que um carro teria dado cobertura ao autor. Isso porque um veículo foi visto saindo de uma rua em que assassino entrou.

Segundo a Polícia Militar, o motivo do crime tem a ver com tráfico de drogas.

O autor, que está sendo procurado, foi identificado por testemunhas. Contudo, o nome dele não foi divulgado pela Polícia Militar.

2º caso – Sábado, 22h, Alameda Wolmer Abreu Matos, Centro de Itabirito. Fazendo-se passar por cliente, Hudson Rafael de Araújo Martins (19), sacando uma faca, anunciou um assalto de dentro de um táxi.

Ele agrediu o trabalhador taxista que teve algumas escoriações.

O assaltante levou R$ 91. Minutos depois, foi preso pela Polícia Militar. O dinheiro foi recuperado.

3º caso – Domingo, 0h30. Um homem vindo de Santo Antônio do Leite, distrito de Ouro Preto (MG), deu entrada na Unidade Básica de Saúde de Itabirito (UPA), vítima de disparos de arma de fogo.

A informação que se tem é que ele ainda está na UPA, mas pelo fato de a ocorrência ter sido feita no território de Ouro Preto, não se tem informações mais detalhadas sobre este caso especificamente.