Eventos festivos e ao mesmo tempo improvisados, agendados via redes sociais, com “atrações” do tipo: disputa de som automotivo, bebidas, gritaria e motos sendo empinadas. Tais situações têm sido comuns em loteamentos e bairros de Itabirito.

Nesta sexta-feira, dia 12, às 23h30, a Guarda Civil Municipal recebeu denúncia de que estava havendo um encontro do tipo citado na Esplanada da Serra, um loteamento itabiritense que fica nas proximidades da região do São José.

Quando chegaram ao local, os GMs se depararam com cerca de 60 pessoas que participavam do encontro. Segundo a GM, essas pessoas estavam em aproximadamente 30 carros.

Com a chegada da guarda, alguns dos participantes se evadiram. Contudo, quinze veículos ficaram no local. A GM, então, tratou somente com os motoristas.

Os condutores foram avisados pelos guardas das denúncias feitas por moradores de residências nas proximidades, salientado a presença de idosos e bebês incomodados com o ruído excessivo.

“A lei é dura, mas é lei”

Guardas Municipais após o término do evento

O artigo 228 do Código de Trânsito Brasileiro é claro: “usar no veículo equipamento com som em volume ou frequência que não sejam autorizados pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito) é uma infração grave”. A penalidade é multa de R$ 193,23 e o condutor ainda perde cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação.

Segundo a GM de Itabirito, o som deve ser limitado ao interior do carro e não extrapolar a ponto de incomodar pessoas do lado de fora do veículo.

O artigo 42 da Lei de Contravenções Penais também aborda o assunto. Perturbar alguém, o trabalho ou o sossego, com gritaria ou algazarra em desacordo com as prescrições legais ou abusando de instrumentos sonoros ou sinais acústicos resulta em penalidade de prisão de 15 dias a três meses ou multa, dependendo do caso.

Segundo a lei, não existe uma hora determinada para que qualquer pessoa utilize sons mais altos, que perturbem o sossego alheio, incomodando vizinhos.

Lixo é abandonado em via pública pelos participantes do encontro

Multa e lixo

Os motoristas que participaram do evento citado foram somente multados.

Como se não bastasse a algazarra, os participantes ainda deixaram grande quantidade de lixo na rua. Inclusive, os que se evadiram abandonaram, em via pública, garrafas cheias de bebidas alcoólicas.

1 COMENTÁRIO

Deixe seu comentário: