O carro também era produto de roubo. Foto: PMMG

A Polícia Militar (PM) de Minas Gerais, em Itabirito (Região Central de Minas), recebeu na tarde desta sexta-feira (20), por volta das 15h, a informação de que uma dupla de bandidos, após ter furtado eletrodomésticos em várias casas de Cachoeira do Campo (distrito de Ouro Preto), e utilizado-se de um automóvel Fiat Strada, estava tentando fugir em altíssima velocidade pela BR-356, sentido Belo Horizonte. Em questão de minutos, o cerco e o bloqueio foram armados pela PM na altura do Terminal Rodoviário de Itabirito.

Produtos que estavam no Fiat. Tudo furtado em Catas Altas, Amarantina e Cachoeira do Campo. Foto: PMMG
PUBLICIDADE
WhatsApp Minuto Mais

Percebendo a presença dos policiais, o motorista meliante usou o veículo como uma arma: foi para o acostumado e jogou o carro contra o cerco dos militares.

Por causa disso, dois tiros foram disparados por um PM contra os suspeitos. Usando da capacidade de decisão para escolher um alvo e experiência com a arma, o policial que efetuou os disparos conseguiu furar os dois pneus traseiros do Fiat.

Os bandidos, mesmo com os pneus furados, continuaram a fuga, colocando em risco a vida de outros motoristas, dirigindo em condições precárias e perigosas.

Eles foram presos somente nas proximidades da barreira da Polícia Militar Rodoviária (PMR), na mesma BR-356. Mesmo porque o carro não tinha mais a mínima condição de seguir viagem.

Os suspeitos que estavam no Fiat são: Rudson de Andrade Alves Nicolau (27) e Rafael Rezende Santos (28).

O carro estava repleto de mercadorias furtadas (veja foto). Todo material foi recuperado.

Os dois confessaram que os produtos (eletrodomésticos e utensílios) foram usurpados por eles em diversas residências de Catas Altas, Amarantina e Cachoeira do Campo.

Como se não bastasse, o carro usado na fuga também era produto de crime (furtado em Betim). A placa do Fiat havia sido trocada, e o lacre rompido.

Os furtadores, agora, estão presos.