Juliana brinca ao posar para a foto lembrando que em hospitais o barulho deve ser evitado. Imagem de divugação

a�?A ideia nA?o A� somente fazer rir, A� tambA�m informar por exemplo que existe assistA?ncia social no hospital e servir como uma ponte entre o paciente e a administraA�A?o da instituiA�A?oa�?, disse Marcelo Barbosa AraA?jo (42) que junto com a sua namorada Juliana Santos (36) fazem parte do grupo Dr. PalhaA�o, um grupo que realiza trabalhos voluntA?rios em hospitais de Belo Horizonte e da Grande BH.

Itabiritenses A� esquerda junto com outros membros da “trupe”. Foto: divulgaA�A?o
PUBLICIDADE
WhatsApp Minuto Mais

Ao todo, sA?o 117 voluntA?rios que atuam em vA?rias instituiA�A�es. Quando o grupo chega a um quarto, sempre pergunta: a�?em que posso ajudar?a�?.

Segundo Marcelo, quando o paciente que a�?nA?o quer papoa�?, A� respeitado.

VoluntA?rios

Marcelo e a namorada estudam em Belo Horizonte, e toda terA�a-feira se deslocam de motocicleta, por conta prA?pria, ao hospital JoA?o XXIII, quando se transformam em “doutores palhaA�os”.

Recentemente, eles estiveram colaborando na recuperaA�A?o de crianA�as vA�timas incA?ndio criminoso da creche de JanaA?ba (MG), que ficaram internadas no pronto-socorro de BH.