O juiz Antônio, o professor Ricardo e o assessor de comunicação Warlley Rodrigues na foto com alunos da escola Professor Tibúrcio. Foto: Romeu Arcanjo/Minuto Mais

ITABIRITO (MG) a�� Pela segunda vez, turmas de alunos da Escola Estadual Professor TibA?rcio retornaram ao FA?rum de Itabirito (MG), onde puderam conhecer um pouco da vida do juiz AntA?nio Francisco GonA�alves, bem como dos trabalhos desenvolvidos pelo do Poder JudiciA?rio. Eles, mais uma vez, se mostraram bastante curiosos. O encontro mais recente aconteceu na semana passada.

Entre os assuntos abordados pelos alunos, houve questionamentos sobre pensA?o alimentA�cia. Contudo, a primeira questA?o teve a participaA�A?o direta de muitos. Qual a funA�A?o de um juiz? Os alunos responderam: a�?julgara�?, a�?resolvera�?, a�?ajudara�?, a�?mandar prendera�?, a�?lutar pela JustiA�aa�?, a�?sentenciara�?, a�?defendera�? e a�?comandara�?.

Em meio A� explanaA�A?o, o AntA?nio Francisco disse: a�?juiz nA?o defende, quem defende A� o advogado. E juiz nA?o acusa. Isto A� funA�A?o do promotor (MinistA�rio PA?blico). Juiz nA?o ajuda. Afinal, ele nA?o A� assistente social. Juiz, simplesmente, aplicada as leis feitas pelos vereadores, deputados estaduais, federais e senadoresa�?, garantiu o magistrado.

PensA?o para filhos

Sobre pensA?o alimentA�cia de pai para filho, aluno Luan perguntou: a�?e se o pai nA?o quiser pagar a pensA?o?a�?. O juiz respondeu: a�?o pai tem trA?s dias para pagA?-la sob pena de prisA?o. Raramente, a pessoa consegue justificar a falta da pensA?o. Desemprego nA?o A� justificativa. O pai tem de dar seus a�?pulosa��. Caso o filho esteja cursando faculdade, a pensA?o pode durar atA� os 25 anos de idade do filhoa�?, disse o magistrado com base na lei.

Houve vA?rias outras perguntas. Um cafA� foi servido aos alunos patrocinado pelo Farid Supermercados. Ao final do encontro, os jovens assistiram a um vA�deo a respeito do funcionamento do Poder JudiciA?rio.

A� a segunda vez que diferentes alunos da escola participam do encontro com juiz. Desta vez, foram 73 estudantes dos nonos e oitavos anos.

Dois projetos se uniram para que o encontro fosse possA�vel: o de a�?OrientaA�A?o Vocacionala�?, de autoria do professor Ricardo Francisco, que existe hA? 5 anos e tem a finalidade de fazer com que os alunos conheA�am e se interessem por profissA�es diversas. E o projeto a�?Conhecendo o JudiciA?rioa�?, do Tribunal de JustiA�a (TJ) do Estado de Minas Gerais.A�a�?O projeto do TJ, por meio da fala do sA?bio juiz, ajuda os alunos a conhecer a realidade brasileira. Isso A� muito boma�?, disse o professor Ricardo.

Leia mais:A�Alunos da Escola Professor TibA?rcio dA?o show de participaA�A?o em encontro com juiz de Itabirito.