Buscas em Brumadinho. Foto: Fernando Moreno - Futura Press

Matéria do Poder360 – Autoridades de Minas Gerais informaram na manhã desta 2ª feira (28.jan.2019) que subiu para 60 o número de mortes decorrentes do rompimento da barragem do Córrego da Mina do Feijão, em Brumadinho (MG).

Ainda estão desaparecidas 292 pessoas; 192 já foram resgatadas. As informações foram chanceladas pela Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Policia Civil.

As equipes continuam as buscas pelos desaparecidos. A operação chegou a ser suspensa no domingo por causa de risco de rompimento da barragem número 6, que fica próxima à que rompeu na 6ª feira.

O Instituto Médico Legal já identificou 19 corpos. Eis os nomes:

Adriano Caldeira do Amaral
Carlos Roberto Deusdeti
Daniel Muniz Veloso
David Marlon Gomes Santana
Djener Paulo Las-Casas Melo
Eliandro Batista de Passos
Fabricio Henriques da Silva
Flaviano Fialho
Francis Marques da Silva
Jonatas Lima Nascimento
Leonardo Alves Diniz
Marcelle Porto Cangussu
Marcelo Alves de Oliveira
Maurício Lauro de Lemos
Moisés Moreira Sales
Renato Rodrigues Maia
Robson Máximo Gonçalves
Wellington Campos Rodrigues
Willian Jorge Felizardo Alves

A tragédia em Brumadinho já supera em número de mortos o desastre de Mariana, em 2015. Há 4 anos, 19 pessoas morreram em 1 desastre similar em Mariana.


Conteúdo produzido pelo Portal Poder360 – www.poder360.com.br. Todos os direitos reservados. Reprodução permitida mediante autorização expressa.

Deixe seu comentário: