À esquera, o novo NPJ da Unipac. À direita, evento de inauguração do novo espaço. Foto: Minuto Mais
Público presente na inauguração do novo espaço. Foto: Minuto Mais

Errata: Foi divulgado que o NPJ da Unipac já existia, mas a informação não procede. Trata-se uma nova conquista para a instituição e a população de Itabirito.

PUBLICIDADE
WhatsApp Minuto Mais

Em Itabirito (na Região Central de Minas) foi criado, pela Faculdade Presidente Antônio Carlos (Unipac), o Núcleo de Práticas Jurídicas (NPJ). Trata-se de um espaço no qual o estudante de direito da instituição pode aliar teoria e prática “permitindo, inclusive, o acesso da comunidade hipossuficiente”, disse a professora do curso de administração e da equipe de marketing da escola, Jucilene Pereira.

Para ficar mais claro: o NPJ, que ocupa várias salas na praça citada, é o local onde os alunos poderão praticar o que aprenderam e, ao mesmo tempo, os carentes de Itabirito, que precisarem de um advogado, poderão tê-lo, e de graça.

Segundo a Unipac, não se trata de uma concorrência desleal para os advogados que atuam na cidade. “O NPJ somente atende àqueles que não podem pagar um profissional de direito. Poderão usar os serviços do núcleo, somente famílias que têm renda de até dois salários mínimos”, afirmou a coordenadora do NPJ, Rita Melo. “O núcleo ainda é um reforço para a Defensoria Pública que já existe na cidade”, completou a coordenadora.

Autoridades que compuseram a mesa na inauguração do novo espaço da Unipac. Foto: Minuto Mais

De acordo com o supervisor acadêmico da Unipac, Gustavo Henrique de Almeida, entre os objetivos do NPJ estão:

1- Atendimento jurídico gratuito.

2- Orientação jurídica e ajuizamento de ações. Exemplos: ação (contra o poder público) para pleitear medicamentos e ação de pensão alimentícia.

3- Arbitragem entre vizinhos, conciliação e mediação de conflitos. Exemplos: problemas com a parede-meia ou no lote por obra de algum vizinho, condômino que não paga o condomínio etc.

“No caso dos conflitos entre vizinhos, a intenção é tentar resolver sem entrar na Justiça. Contudo, se houver necessidade, o Poder Judiciário será acionado”, disse o supervisor.

Inauguração

A solenidade de abertura do NPJ aconteceu na noite desta quinta-feira (25), em frente ao prédio onde o núcleo foi aberto.

Estiveram presentes a presidente em Itabirito da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Celina Rodrigues, além do corpo docente da Unipac, representantes da Prefeitura, Justiça e Ministério Público.