Álbum de 1973, Krig-ha, Bandolo!apa, de Raul Seixas, que contém a canção Metamorfose Ambulante. Foto: reprodução de internet

COLUNA PORTUGUÊS LIGEIRINHO: Quais erros de língua portuguesa há no período: “Prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo”? Célebre e bela canção de Raul Seixas.

Um erro é de regência verbal: quem prefere, prefere uma coisa a outra. E não uma coisa do que outra.

Portanto, o mais correto é: Prefiro ser essa metamorfose ambulante a ter aquela velha opinião formada sobre tudo.

Existe outro erro (menos grave): de uso do pronome “essa”.

Como Raul não havia citado os “motivos” que o fazem querer ser uma “metamorfose ambulante” (uma vez que a música começa com o refrão), o mais correto seria: Prefiro ser esta (e não essa) metamorfose ambulante a ter aquela velha opinião formada sobre tudo.

O uso do pronome aquela, no caso, não vejo como erro, uma vez que virou uma força de expressão (consagrada pelo uso) utilizar “aquele” ou “aquela” para enfatizar algo que é visto como comum, familiar, corriqueiro (apesar de que tal uso não encontrei registrado em gramáticas).

Depois, vamos voltar ao assunto: “este, esse e aquele”.

Abraço!

Leia também: Qual é o erro que há nas placas colocadas nos ônibus de Itabirito?

E mais: Português ligeirinho, com Romeu Arcanjo: De 8h às 18h ou de 8h as 18h?