Bonitinhos, mas ordinários. Imagem: reprodução

ARTIGO DE OPINIÃO – Ratos são uma praga. Dentro de um ambiente de mata nativa, eles tem função de equilíbrio do meio, mas dentro da cidade (juntamente com as baratas) são sinônimos de desequilíbrio ambiental provocado pelo homem. Combatê-los é questão de saúde pública.

Sendo assim, repasso a você, internauta do Minuto Mais, uma receita que aprendi com meu pai, sem “venenos tóxicos” que podem colocar em risco a vida de pessoas e, principalmente, de cães e gatos.

Estava meu pai em um estabelecimento agropecuário de Itabirito (MG) querendo comprar produtos para matar ratos. Foi quando um sitiante o chamou num canto e passou a ele a seguinte receita:

200 gramas de feijão cru preto (não me pergunte porque precisa ser preto, acredito que possa ser qualquer feijão, desde que seja cru).

200 gramas de amendoim cru, mas descascado (ao invés de amendoim, pode ser achocolatado em pó).

Uma porção de queijo ralado.

Misture tudo batendo em um liquidificador até se transformar em uma farinha.

Depois, é só colocar o “alimento” em um recipiente (como uma tampa de manteiga, por exemplo) e colocá-lo em pontos da casa onde o animal passa.

Em minha casa (onde aparece um ratinho duas vezes por ano), deu muito certo.

O segredo é o feijão cru

Segundo o site Bio Retrô, pesquisas dão conta de que o feijão cru é um veneno natural para os ratos. O alimento (cru) possui substâncias (como antitripsina, lectina etc) que dificultam o crescimento desses roedores.

As substâncias que existem no feijão ajudam a inibir as proteases, causando a diminuição das atividades das enzimas digestivas. Isso influi nutricionalmente no desenvolvimento dos ratos. Depois de terem comido muito, eles dormem. E é aí que a antitripsina a lectina agem fazendo com que o organismo desses bichos não absorvam o feijão (cru), causando envenenamento natural por fermentação matando-os em até três dias.

Mas atenção: o cozimento completo do feijão inativa esses inibidores e promove um efeito benéfico à digestão.

Rato gosta de alimentos podres? Mentira

Segundo o jornal O Globo, ao contrário do que a população acha, os ratos são muito inteligentes. Eles preferem alimentos saudáveis, por exemplo, e não comem coisas estragadas. E quando encontram algo que acham saboroso, mantêm essa informação na memória e sempre voltam para buscar mais, guiados pelo olfato — descreve o biólogo especialista em roedores Jerônimo da Fonseca.

E por fim, cuidado com a ração do cachorro, elas atraem ratos. Não as deixe expostas por muito tempo.

No mais, é isso. Um abraço. E por favor, curta e compartilhe se você gostou.