Imagem de internet

Vai chegando dezembro e todo mundo já se anima para as famosas festas e confraternizações de fim de ano. Nada mais justo, um momento em que nos reunimos com familiares e amigos para celebrar. Mas toda essa festa tem sempre como ponto de destaque as comidas e bebidas, e na maioria das vezes, em exagero.

Mas será que comemorar é, de fato, só comer? Vejamos. Comemorar: do latim, commemorare; lembrar-se, trazer à mente.

Estamos tão focados em comer – meter o pé na jaca – que esquecemos o real motivo de estarmos reunidos que é celebrar, lembrar dos bons momentos que vivemos juntos. 

“Mas então, não podemos comer? Que coisa mais sem graça!” Claro que podemos. Só não devemos abusar. Comemorações existem durante todo o ano e cuidar da nossa saúde deve ser constante. Ou a briga com a balança nunca terá fim.

Precisamos ter uma relação de prazer ao comer e não de escravidão. É possível ir a uma festa, comer, se satisfazer e voltar tranquilo para casa.

Para isso, aí vão algumas dicas:

– No dia da festa, também é importante seguir uma rotina alimentar balanceada. Nada de ficar sem comer acreditando que irá guardar as calorias todas para se empanturrar. Isso é um equívoco. Com fome, você acaba comendo além do que economizou no café da manhã e no almoço, por exemplo.

– No dia da festa, programe refeições com alimentos leves e evite longos intervalos sem se alimentar.

– Na ceia, comece sempre pela salada. Assim, você terá maior saciedade e vai sobrar menos espaço no prato para as comidas gordurosas. Também é importante mastigar bem os alimentos.

– Modere nos alimentos muito calóricos, como as maioneses, rabanadas, fios de ovos, sorvetes, tortas e outras sobremesas.

– As bebidas alcoólicas são muito calóricas. Não exagere e sempre beba muita água (dica boa para evitar aquela ressaca!).

– Não se prive de comer seus pratos favoritos de fim de ano. Tente comer pequenas porções acompanhadas de vegetais e frutas que tá tudo certo.

– Nas ceias, normalmente, existem opções mais saudáveis, como aves (peru e frango), saladas, castanhas, frutas e doces de frutas. Faça uma forcinha que dá para celebrar, comer e ficar com a consciência tranquila e em paz com a balança.

– Aproveite as festas para socializar com as pessoas. Essa é uma ótima oportunidade de colocar o papo em dia com os amigos e a família. Dessa forma, você não fica o tempo todo em volta da mesa comendo.

Boas festas!