Ouro Preto. Foto - Germano Neto

Nos mesmos moldes de Itabirito, a Prefeitura de Ouro Preto (na Região Central de Minas) está funcionando quase que normalmente. Foram canceladas as aulas nas escolas municipais por falta de óleo diesel para transporte escolar. Contudo, os outros serviços continuam. Uma dúvida que permeia donos de bares e hotéis, bem como o comércio de modo geral, é: “como será o movimento ouro-pretano no feriado prolongado de Corpo Christi?”.

PUBLICIDADE
WhatsApp Minuto Mais

De acordo com o ouvidor municipal Daniel Palazzi, a cidade histórica recebe número considerável de turistas nesta época do ano. “Mas com a greve, não se sabe como de fato será o movimento”, disse.

Ainda segundo o ouvidor, por causa da greve, não houve diminuição nos serviços de coleta de lixo da cidade. “Contudo, houve diminuição na coleta seletiva, que é feita por empresa particular com apoio da Prefeitura”, afirmou.

Ele informou que a Prefeitura conseguiu combustível para os serviços de saúde, bem como para segurança (policias de um modo geral).

Por sua vez, a Santa Casa ouro-pretana suspendeu as cirurgias eletivas e está atendendo somente urgência e emergência.  

A informação que se tem é que apesar dos serviços terem diminuído na Santa Casa e que alguns casos estarem sendo transferidos para a Pronto Atendimento, não há sobrecarga na UPA ouro-pretana.