Claudio Lamachia - presidente da OAB e o senador Aécio Neves

OA�presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia, acredita que oA�arquivamento do pedido de cassaA�A?o do senador AA�cio Neves (PSDB), na sexta-feira (23), no Conselho de A�tica do Senado, representa um a�?deboche”. O arquivamento foi feito pelo presidente do Conselho, senador JoA?o Alberto Souza (PMDB-MA).

O presidente da OAB divulgou em nota: a�?Ao arquivar sumariamente a representaA�A?o contra o senador AA�cio Neves, o presidente do Conselho de A�tica do Senado consegue, ao mesmo tempo, debochar da sociedade, que espera esclarecimento para as gravA�ssimas acusaA�A�es, e agredir o Estado DemocrA?ticoa�?.

Entenda

No inA�cio da noite de sexta-feira (23), oA�senador JoA?o Alberto Souza arquivou o pedido de cassaA�A?o contra AA�cio Neves. Tal pedido foiA�feito com base na delaA�A?o premiada do empresA?rio Joesley Batista, da JBS.

O peemedebista alegou que nA?o hA? provas de quebra de decoro e que AA�cio foi vA�tima de uma a�?grande armaA�A?oa�?. O jornal O Estado de SA?o Paulo informou que a Rede vai entrar com recurso contra a decisA?o do presidente do Conselho.

Entretanto, o peessedebistaA�continuaA�afastado do Senado por determinaA�A?o do Supremo Tribunal Federal (STF), que investiga AA�cio em nove inquA�ritos, sendo dois ligados A� delaA�A?o de executivos da JBS.

AA�cio se esforA�a para continuar no Senado

O EstadA?o divulgou que a�?mesmo afastado, o tucano trabalhou para que o PSDB nA?o deixasse a base do governo Michel Temer. A estratA�gia visava evitar que o PMDB trabalhasse em favor da cassaA�A?oa�?.

O jornal afirmou que a�?atA� o PT, da oposiA�A?o, decidiu que nA?o iria pressionar pela cassaA�A?o do adversA?rio polA�ticoa�?.

No arquivamento, JoA?o Alberto alega falta de prova contra AA�cio. a�?NA?o havendo qualquer prova documental, hA? claro conflito entre a palavra de um empresA?rio interessado a qualquer custo em se safar da prisA?o e a palavra de um senador que conta com presunA�A?o de veracidadea�?, disse senador do PMDBA�segundo OA�Estado de SA?o Paulo.

PrisA?o

OA�Supremo ainda precisa decidir sobre oA�pedido de prisA?o de AA�cio feito pela Procuradoria-Geral da RepA?blica.

Deixe seu comentário: