Capa do disco lançado por Zé Béttio. Foto: reprodução

Um dos mais importantes radialistas da história do rádio brasileiro morreu nesta segunda-feira (27) em São Paulo, aos 92 anos: Zé Bettio.

De acordo com informações da rádio CBN, ele morreu enquanto dormia em casa no bairro Horto Florestal, na Zona Norte de São Paulo.

Segundo o portal G1, o corpo do radialista foi enterrado às 16h de segunda-feira no Cemitério do Horto Florestal, segundo funcionários do local.

Parte da história de sucesso

José Bettio nasceu em Promissão, no interior de São Paulo, em 1926. Ele iniciou sua carreira artística como sanfoneiro e participou dos grupos “Sertanejos Alegres” e “Zé Bettio e seu conjunto”.

Se tornou locutor por acaso ao assumir o microfone da rádio Difusora de Guarulhos para ler um anúncio. Agradou com seu jeito simples e coloquial e acabou sendo contratado.

Tornou-se muito conhecido em São Paulo na rádio Cometa. Na rádio Record, teve uma das maiores audiências das décadas de 1970 e 1980. Eternizou bordões como “acorda, joga água nele!”. Também lançou nomes importantes da música sertaneja como Milionário e José Rico.

Com informação dos portais G1, UOL e da rádio CBN.